Saiba pela Internet se o seu benefício do INSS foi concedido

0

SAIBA PELA INTERNET SE O SEU BENEFÍCIO DO INSS FOI CONCEDIDO

Com mais 90 tipos de benefícios oferecidos pela previdência social, o professor paga mensalmente um valor a esse instituto pensando no futuro.

Seja para receber uma aposentadoria, um auxílio, uma pensão, um salário ou qualquer outro tipo de benefício.

Após se encaixar em requisitos específicos de um tipo de abono, ele resolve então solicita-lo.

E é aí a parte mais emocionante para esse professor que fica aflito esperando o resultado do seu benefício, para saber se foi concedido ou não.

Tudo o processo funciona de maneira séria e não muito rápida. Por isso, é fundamental manter a calma e procurar um meio de analisar como anda o seu processo.

No passado, essa consulta apenas poderia ser feita de forma presencial, o que acaba demandando muito tempo do contribuinte que se deslocava até um dos postos de atendimento do INSS portando documentos de identificação e o número do benefício para saber um simples “sim ou não”.

Como o objetivo é sempre melhorar a sua vida, essa consulta pode ser feita de maneira rápida pela internet.

Fique conosco e acompanhe como saber se o seu benefício foi concedido.

Saiba pela Internet se o seu benefício do INSS foi concedido

RESULTADO DA CONSULTA

O processo realizado para o requerimento do benefício perante a previdência social é um processo administrativo.

E por isso, é essencial que tudo esteja correto para ser analisado da melhor maneira possível e para que o professor possa consultar o seu benefício INSS.

Em primeiro lugar, é necessário reunir todas as informações necessárias para a consulta: número do benefício, CPF, nome e data de nascimento do beneficiário.

O número do benefício é dado na hora que você realiza o atendimento no INSS. Porém, se o seu pedido tiver sido realizado por um advogado, é necessário aguardar alguns dias para obter esse número, pois é preciso que a documentação seja toda entregue ao INSS.

Reunida essas informações, existem 2 maneiras pela internet de realizar a sua consulta. A primeira é indo no próprio site do INSS, na parte de “situação do benefício”. É só clicar no link ao lado https://sipa.inss.gov.br/SipaINSS/pages/consit/consitInicio.xhtml.

Após entrar na página, preencha todos os dados necessários e aguarde o resultado da consulta.

Outro modo de realizar a consulta é entrando no portal meu INSS. Esse portal juntou os serviços mais acessados da previdência em uma página muito mais simples e rápida.

O site de acesso é esse ao lado https://meu.inss.gov.br/central/index.html. Depois de acessá-lo, você procurará dentre as suas opções a chamada “carta de concessão”. Para ter acesso a carta de concessão você precisa de um login. Se não possui é só clicar em “cadastre-se”.

Siga todos os passos e conclua o seu cadastro. Guarde esse cadastro que ele servirá para realizar os outros diversos serviços.

Caso queira uma maior comodidade, o portal meu INSS está disponível em aplicativo. É só instalar e começar a usar.

Pois bem, feito a consulta de alguma das duas formas, serão 3 as opções que podem ser dadas pela página.

O pedido pode estar habilitado: todos os documentos foram entregues e o pedido está em análise.

O pedido pode estar deferido: após ser analisado, o pedido foi concedido.

E por último, o pedido pode estar indeferido: significa que após analisar o caso, o instituto negou o seu pedido. É nesse caso que você pode entrar com um processo judicial.

PROBLEMAS MAIS COMUNS NA CONCESSÃO DO BENEFÍCIO

Apresentaremos a vocês os problemas mais comuns cometidos pelos professores que contribuem para a previdência e que dificultam o seu acesso para saber como está o andamento do seu benefício.

  1. O número do benefício; muitos contribuintes dão entrada no benefício em um dos postos de atendimento da previdência, mas se esquecem de recolher o número do benefício para realizar a consulta. Ocorre que, terá que voltar lá novamente para solicitar o número. Para que você não perca tempo, fique sempre atento a isso.
  2. A consulta do benefício pela internet precisa de dados pessoais, por isso, além de ser perigoso, não forneça seus dados ou documentos para um estranho realizar a consulta por você. A consulta é pessoal e intransferível.
  3. Quando tiver dúvidas se você possui ou não direito ao benefício, solicite ele na previdência, caso continue com dúvidas, procure um advogado especialista na área. Ele lhe dará todo o assessoramento possível.
  4. Já dissemos que o prazo para recorrer do indeferimento do benefício é de 30 dias. Fique atento a esse prazo e não deixe ele passar.
  5. O site do INSS apresenta de vez em quando alguns problemas, assim como o aplicativo do portal meu INSS. Tenha paciência que algumas vezes você encontrará esse serviço indisponível.

Alguma dúvida sobre o tema? Mande sua pergunta pelos comentários abaixo ou ligue para a central de atendimento do INSS através do número 135.

O serviço se encontra disponível das 7 horas da manhã até 22 horas da noite, com base no horário de Brasília.

Veja também!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar e otimizar a experiência do usuário. Ok Saiba Mais

Política de Privacidade